A primeira página do DN desta sexta-feira

Leia já os títulos do jornal que encontra de manhã nas bancas.

Entrevista DN-TSF a Miguel Poiares Maduro faz manchete do DN desta sexta-feira: "Se houver crise política a responsabilidade é do primeiro-ministro".

Ex-ministro de Passos Coelho, jurista e académico diz que o ónus da dramatização política ficará só com Costa e não com os parceiros "extremistas". Aponta a Rio o demérito de não se ter demarcado do Chega e assegura: "No PSD não aceitamos oferecer ao país uma estabilidade política com radicais." Quanto ao Orçamento, "é uma ficção".

Destaque também para as medidas aprovadas esta quinta-feira em Conselho de Ministros como aproximação aos partidos mais à esquerda na negociação do OE2022. SNS, cultura e trabalho. Governo faz meio caminho, mas não basta para BE e PCP aprovarem.

E na grande conferência Portugal Mobi Summit: Setor automóvel quer mais apoios a elétricos e reforço da rede de carregamento.

Outros Títulos:

- Orçamento. Costa e Leão podem cortar défice para menos de 2% se a pandemia acabar em 2022

- Covid. Delta deu 32 variantes e vão aparecer mais. Culpa é da vacinação a várias velocidades

- Estudo. "Não podemos vender só bens de baixo valor. O que fazemos tem de se gerar em Portugal"

- CP. Reparação problemática nos carris obriga a cortes de comboios na linha de Cascais.

- Esculturas. Uma coleção de arte clássica que conta a história do amor de Hans-Peter e Marion

- Filipa Martins Ginasta portuguesa brilha nos mundiais com um sétimo lugar inédito já na mala

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG