A primeira página do DN desta quarta-feira

Leia já os títulos do jornal que encontra de manhã nas bancas.

Governo sobe para 10.500 euros por ano fasquia para não pagar IRS em 2024. É esta a manchete do DN desta quarta-feira, 28 de setembro.

Mexida reflete subida do salário mínimo para 750 euros já em 2023, mas executivo pode ir mais longe para encaixar inflação. Atualização deixa perto de um quarto dos portugueses livres de imposto. Descida do IRC para empresas também deverá ser discutida esta tarde, na reunião com os parceiros sociais.

Destaque fotográfico vai para a entrevista a Manuel Maria Carrilho: "Costa não é um líder, é o patrão do PS".

E sublinha-se ainda mais uma reportagem da série sobre Lisboa, assinalando um ano do novo executivo alfacinha: Moedas exige mais polícias nas ruas, mas Plano de segurança tarda em avançar.

Outros títulos

Novo aeroporto. Governo esvazia poderes de veto dos municípios

Álcool, canábis e jogos online. Psicólogos alertam para dependências que se instalam "devagarinho"

Estação em Campo de Ourique. Metro de Lisboa garante que árvores do Jardim da Parada serão preservadas

Countdown to Web Summit. Caldeira Cabral escreve sobre a revolução das startups

Cimeira de mobilidade arranca. Cinco anos que mudaram o paradigma em Portugal

Presidenciais. Violência política quadruplica e Lula põe colete antibala: o medo já ganhou as eleições no Brasil

Bernardo Lobo Faria e André Cabral. O cinema português está de volta e traz dois talentos emergentes

Liga das Nações. Seleção de Fernando Santos derrapa frente a Espanha e Portugal fica fora de campo na final four

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG