'Startups' portuguesas Corkbrick Europe e Homeit lançam 'crowdfunding' de 400 mil euros

Lisboa, 26 de jun (Lusa) -- As empresas portuguesas Corkbrick Europe e Homeit lançaram campanhas de 'crowdfunding' através da plataforma Seedrs, com o objetivo de angariarem financiamento de pelo menos 400 mil euros.

Em comunicado, a Seedrs explica que a Corkbrick Europe é uma empresa portuguesa em fase de arranque ('startup') que desenvolveu um sistema inovador de blocos de cortiça que, à semelhança das peças Lego, permite criar e construir em casa ou no escritório qualquer tipo de estrutura ou mobiliário sem o recurso a ferramentas, tendo lançado uma campanha com o objetivo de angariar 150 mil euros.

Avaliada em 850 mil euros, a 'startup' portuguesa coloca no mercado 15% do seu capital numa campanha que já atingiu mais de 20% do seu objetivo, o equivalente a mais de 32 mil euros, e que está ativa na plataforma Seedrs.

A Homeit, por sua vez, refere, criou uma solução "simples, segura e de baixo custo" para o mercado dos arrendamentos de curta duração que permite gerir remotamente as unidades de alojamento local e lança no início da próxima semana uma operação de venda de ações em 'equity crowdfunding'.

O sistema Homeit funciona tanto com as portas da rua como as dos apartamentos, e permite o acesso aos hóspedes e fornecedores através de um de 'smartphone' ou de um sms.

O objetivo da campanha é captar pelo menos 250 mil euros, colocando 10% do capital no mercado, e estando avaliada em 2,25 milhões de euros, acrescenta.

Para o diretor de desenvolvimento de negócios da Seedrs, Filipe Portela, citado na nota, "é cada vez maior e significativo o interesse de empresas portuguesas em captar financiamento através do 'equity crowdfunding', do mesmo modo que é, igualmente, cada vez mais expressivo o interesse da parte dos investidores em 'startups'".

A Seedrs é uma plataforma de 'equity crowdfunding', que junta empresas e investidores de toda a Europa, abrindo a possibilidade a qualquer pessoa de investir em ações de novas empresas, Pequenas e Médias Empresas e 'startups'.

Com escritórios em Lisboa, Londres, Nova Iorque, Amsterdão e em Berlim, a Seedrs (inaugurada em 2012) financiou no ano passado quase 160 campanhas através de investidores de 65 países que, com 45 mil investimentos concretizados, que contribuíram, em média, com 2.230 euros.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG