Basquetebol: Taça de Portugal / FC Porto-Oliveirense

Declarações após o jogo FC Porto-Oliveirense, da final da Taça de Portugal de basquetebol masculino, disputado em Portimão, o qual os portistas venceram por 83-80.

Norberto Alves (Treinador da Oliveirense): "Em primeiro lugar dar os parabéns ao FC Porto pela conquista da Taça. Tínhamos o facto de termos efetuado três jogos seguidos, e temos na rotação dos extremos temos um plantel mais curto.

O Porto teve a vantagem de ter mais um dia de descanso e penso que isso se refletiu um pouco.

Na entrada do quarto período, o Porto ficou em bónus de faltas e foram muitas vezes para o lance livre, o que nos condicionou muito.

Era muito difícil para nós, continuarmos a defender ao nível que defendíamos em outros jogos, porque sabíamos que iríamos estar mais cansados.

Mas foi um pouco o cansaço, o acumular de faltas, nomeadamente uma falta atacante ao Eric penso que foi muito importante naquele momento.

Dar uma palavra aos meus rapazes, não é fácil perder, mas tiveram uma atitude fantástica.

De outras coisas não quero falar, porque não quero falar".

Moncho López (treinador do FC Porto): "O que tínhamos de conseguir era entrar bem e quando eles respondessem, sermos capazes de manter o critério ofensivo e defender bem.

Parecia que não iríamos conseguir, porque o terceiro período para nós é muito difícil, mas no final, a equipa mostrou que pode.

Fizemos uma gestão tanto emocional como estratégica e no último período a equipa esteve irrepreensível, jogou a um nível muito alto, porque marcar 30 pontos à Oliveirense, defender como defendemos, estar bem na linha de lance livre e na linha dos três pontos, foi realmente ir com tudo para a conquista do título

Parabéns à Oliveirense que é uma equipa muito boa e fez um jogo muito bom".

Exclusivos