Encontrados destroços de avião que caiu nos Alpes suíços em 1968

A bordo do avião estavam um professor, um médico e o seu filho, todos de Zurique.

Os destroços de um avião que caiu nos Alpes suíços em 1968 foram descobertos numa geleira mais de 54 anos após o acidente, informou a polícia esta sexta-feira (5 de agosto). Várias peças apareceram na geleira Altsch, no cantão de Wallis (sudoeste), perto dos picos de Jungfrau e Monch.

A polícia informou que os destroços foram encontrados na quinta-feira.

"As investigações determinaram que os fragmentos pertencem aos destroços de um Piper Cherokee, matrícula HB-OYL, que caiu naquele local em 30 de junho de 1968. Logo que possível, começarão os trabalhos de recuperação", acrescentou a mesma fonte.

A bordo do avião estavam um professor, um médico e o seu filho, todos de Zurique, segundo o jornal 24 Heures. A aeronave sofreu um acidente entre os dois picos e os corpos acabaram sendo recuperados na época, mas não o avião.

"Na altura do acidente, há mais de 50 anos, os recursos técnicos eram limitados", disse a polícia. "Com os meios atuais e o degelo, provavelmente será possível recuperá-lo agora".

Segundo o 24 Heures, um guia de montanha encontrou os destroços durante uma expedição pela região.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG