Estado de saúde de José Eduardo dos Santos agravou-se

Estado de saúde do ex-presidente angolano tem lesões cerebrais irreversíveis.

DN

O estado de saúde do ex-presidente angolano, José Eduardo dos Santos, agravou-se nas últimas horas, avança a SIC Notícias.

O antigo governante tem lesões cerebrais irreversíveis e, segundo disse fonte do seu gabinete ao Expresso, "está nas últimas".

"De ontem para hoje a situação agravou-se consideravelmente e sendo a sua situação praticamente irreversível, devemos agora estar preparados para o pior", adiantou ao Expresso essa fonte, que tem estado em contacto com clínica em Barcelona em que o antigo chefe de Estado de Angola está internado.

José Eduardo dos Santos permanece nos cuidados intensivos, no Centro Médico Teknon, em Barcelona, Espanha, estando sedado e acompanhado por alguns dos seus filhos.

O ex-Presidente, de 79 anos, tem problemas de saúde há vários anos e tem sido acompanhado em Barcelona desde 2006.

Eduardo dos Santos governou Angola entre 1979 e 2017, tendo sido um dos presidentes a ocupar por mais tempo o poder no mundo e era regularmente acusado por organizações internacionais de corrupção e nepotismo.

Em 2017, renunciou a recandidatar-se e o atual Presidente, João Lourenço, sucedeu-lhe no cargo, tendo sido eleito também pelo Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), que governa no país desde a independência de Portugal, em 1975.

em atualização