Corpo é mesmo de Gabby Petito e foi assassinada

As autoridades indicam que é necessário esperar pelos resultados finais da autópsia, mas confirmam que a jovem foi mesmo assassinada.

DN
© Moab City Police Department / AFP

O corpo encontrado no domingo no estado do Wyoming é mesmo de Gabby Petito, jovem norte-americana que se encontrava desaparecida há dias durante umas férias com o namorado, segundo o FBI, que também confirmou que esta foi vítima de homicídio.

As autoridades revelaram as primeiras conclusões da autópsia realizada ao corpo da jovem, mas não revelaram detalhes, alegando que "a causa da morte continua pendente dos resultados finais" dos exames.

As buscas por Gabby Petito, de 22 anos, começaram a 11 de setembo, quando a família da jovem participou o seu desaparecimento numas férias com o namorado, Brian Laundrie, de 23 anos.

A jovem tinha-se demitido para fazer esta viagem, que ia partilhando com fotografias no Instagram..

A última vez que os pais falaram com Gabby ela estava no Parque Nacional de Grand Teton, no Wyoming, a sul de Yellowstone.

O namorado, entretanto também desaparecido, transformou-se em "pessoa de interesse" e tinha recusado colaborar com as autoridades, que, na terça-feira, estiveram em casa dos seus pais, onde o casal também morava.

Foi visto pela última vez na terça-feira por familiares na Florida e os investigadores estão à sua procura nos últimos dois dias numa reserva de vida selvagem, numa área de mais de 9.712 hectares (Carlton Reserve) no condado de Sarasota, Florida, com mais de 160 quilómetros de trilhos, como também de acampamentos.