Roma

António Araújo

Filide, nome de guerra

Morreu, enfim, rodeada da maior piedade. Deixou expresso que queria ser enterrada na igreja da sua paróquia e, à medida que o fim se aproximava, fez vários legados a instituições religiosas dedicadas à Virgem, para que, quando partisse, lhe rezassem missas pela alma impura. Na penúltima cláusula do testamento, atestado por um notário diligente, ordenou que um quinto dos seus bens fosse deixado às Convertidas (assim se chamavam aquelas que largavam o meretrício e a má vida) e o facto é tanto mais curioso quanto fora junto à casa dessa irmandade, encostada ao muro, que, durante anos, vendera o corpo em mortal pecado.

Exclusivo

Mats Wilander

"Domínio dos big three está a acabar. Os jovens já não se sentem intimidados"

O sueco Mats Wilander, 56 anos, ex-número um mundial e vencedor do Grand Slam por sete vezes, considera Djokovic favorito a vencer Roland Garros (torneio francês que arranca neste domingo). O agora comentador da Eurosport (canal que vai transmitir o torneio) vê, contudo, uma nova geração de tenistas a despontar e acha que a hegemonia dos big three tem os dias contados.