Premium Jogo online ilegal vale 90 milhões por ano

Os impostos e regras impedem o maior crescimento do jogo legal, enquanto o ilegal aumenta. Já vale cerca de 90 milhões por ano. Para a Estoril Sol, que em 2018 distribuiu mais de dois mil milhões em prémios, a legislação deve ser alterada.

O jogo online ilegal em Portugal vale 60% do mercado legal. Ou seja, há um negócio com receitas de cerca de 90 milhões de euros por ano que não paga impostos nem é controlado pelo Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos. Isto contribui para a fraca expansão legal deste tipo de apostas.

Neste momento existem 15 autorizações para a exploração do jogo online, nas vertentes de jogos de fortuna e azar e de apostas desportivas à cota (respetivamente 8 e 7). Mas não deverão surgir muitas mais, adivinha António Vieira Coelho, administrador executivo da Estoril Sol. O jogo online e o facto de haver impostos muito elevados, faz com que este mercado - que foi regulamentado em Portugal em 2015 - "esteja parado".

Ler mais

Exclusivos

Premium

Clássico

Mais de 55 milhões de euros separam plantéis de Benfica e FC Porto

Em relação à época passada, os encarnados ultrapassaram os dragões no que diz respeito à avaliação do plantel. Bruno Lage tem à sua disposição um lote de jogadores avaliado em 310,7 milhões de euros, já Sérgio Conceição tem nas mãos um grupo que vale 255,5 milhões. Neste sábado, no Estádio da Luz, defrontam-se pela primeira vez esta temporada.