Premium Dirigente do MAI 'chumba' no concurso para o próprio cargo

Joaquim Morgado era o coordenador do sistema informático da Justiça, Citius, quando este crachou em 2014, mas esse cargo não está no curriculum da sua nomeação para secretário-geral adjunto do MAI.

O concurso para secretário-geral adjunto do Ministério da Administração Interna (MAI) foi anulado e vai ser repetido por nenhum dos candidatos ter atingido as notas mínimas para poder ser selecionado. Entre eles estava o atual ocupante do cargo, Joaquim Morgado, nomeado em regime de substituição desde dezembro de 2018.

Morgado, de 51 anos, dirige os serviços de apoio técnico e estudos eleitorais, a gestão dos sistemas de informação eleitoral e a divisão eleitoral.

Ler mais

Exclusivos