A ativista, de 16 anos, é protegida e ajudada pela família na agendo e nos discursos.
Premium

Greta Thunberg

Da doença à família, da causa às fake news, dos apoiantes aos críticos

A jovem ativista pelo ambiente passa hoje por Lisboa. Não vai estar mais de oito horas, mas falará aos jovens. À noite, segue para Madrid, para estar na COP25. O DN conta-lhe aqui como avançou para esta causa, como o ser diferente a ajudou e, ao mesmo tempo, afetou a família.

Se fosse normal, se fosse como todas as pessoas, como ela própria diz, e não alguém com síndrome de Asperger, com um distúrbio obsessivo-compulsivo, talvez Greta Ernam Thunberg, de 16 anos, não fosse hoje um ícone mundial com o poder de liderar a agenda ambiental.

Ler mais

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG