Ulrich. "O BPI nunca despediu ninguém"

Saídas no banco vão continuar a ser feitas por rescisões amigáveis ou reformas antecipadas.

O ainda presidente do BPI e futuro presidente do conselho de administração, Fernando Ulrich, garantiu esta quinta-feira que as reduções de pessoal no banco nunca foram feitas através de despedimentos e que os mecanismos utilizados foram sempre reformas antecipadas ou rescisão amigável.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG