Reservas de hotéis em Portugal superam pela primeira vez dados de 2019

De acordo com o World Hotel Index, 70% das reservas registadas em setembro foram feitas por visitantes estrangeiros

Pela primeira vez, desde o início da pandemia, as reservas de hotéis em Portugal ultrapassaram no dia 14 de setembro 2021, em 100,58% os registos de 2019, e no domingo dia 19 chegaram aos 107,51% face à mesma data de há dois anos, de acordo com aados da World Hotel Index, citados pela da SiteMinder, plataforma aberta de comércio hoteleiro.

No mês em curso, Portugal registou um aumento de reservas, impulsionado, sobretudo, por visitantes estrangeiros, que representaram este mês 70,27% das reservas de hotéis no país. Em outubro o número deverá subir e representar mais de 75% de todas as chegadas de hóspedes nesse mês.

Na comparação com outros países, em termos percentuais, e em relação às reservas internacionais, Portugal está acima de destinos como França (46,48%) e Espanha (48,05%).

"Com estes valores, Portugal afirma-se como um dos principais beneficiários de uma ampla recuperação do turismo internacional em toda a Europa", refere a plataforma.

Espanha já tinha atingido em junho valores pré-pandémicos em número de reservas em hotéis, situação que leva a SiteMinder a colocar a Península Ibérica "mais próxima de completar o hotel booking reset, "tendência que identifica as cinco fases de um processo de recuperação do mercado de turismo para se voltar à normalidade".

Dos estrangeiros que fizeram reservas para um hotel em Portugal, nas últimas duas semanas, a plataforma revela que 27,33% chegaram ou deverão chegar este mês ou em outubro (45,48%), enquanto outros (10,04%) deverão chegar em novembro.

"Os prazos curtos de reserva indicam a dimensão da procura, que vem aumentando desde o início da pandemia, com visitantes portugueses e internacionais aproveitando a oportunidade para viajar novamente", comenta a plataforma.

Contrariando a tendência até aqui verificada, com "as reservas de hotéis a nível mundial a concentrarem-se em destinos costeiros e rurais desde o início da pandemia, as reservas de hotéis em Lisboa e Porto apresentam um forte desempenho. Estão atualmente em 99,35% e 85,2% comparativamente com os números de 2019", assinala a SiteMinder, para sublinhar que estes valores são superiores a outras cidades europeias como Paris (78,94%), Roma (61,76%) e Amesterdão (70,46%).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG