Universidades querem dois mil milhões da UE para inovação

Mas para lá chegar é preciso subir degraus. Captar empresas, segurar fundos de coesão, e batalhar depois pelo Horizonte Europa, que corre até 2027.

Em cinco anos, Portugal captou 650 milhões de euros do programa europeu de financiamento à inovação, o Horizonte 2020, mas o ensino superior segurou apenas 26% desse valor. Grande parte, porém, fica em Lisboa e no Porto, cujas três maiores universidades captaram perto de 200 milhões de euros. O ensino superior quer melhorar a distribuição, e duplicar as verbas a haver de Bruxelas no Horizonte Europa, novo programa que vai correr até 2027.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos