03 julho 2018 às 10h46

Indústria farmacêutica quer novo acordo sobre despesa pública com medicamentos

O presidente da Apifarma recusa "raciocínios frios que resultam em cortes" na saúde. O acordo fixa um referencial de despesa pública com medicamentos.

/img/placeholders/redacao-dn.png
Dinheiro Vivo
/img/placeholders/redacao-dn.png
Dinheiro Vivo