Número de desempregados inscritos cai há sete meses consecutivos

Dados de outubro de 2021 traduzem-se no número de desempregados inscritos mais baixo desde março de 2020.

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego ascende a 351.667 mil em outubro, menos 2,1% face a setembro e menos 12,9% face ao período homólogo, anunciou o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) esta segunda-feira. Os dados apontam para uma tendência de decréscimo do número de desempregados inscritos no IEFP há sete meses consecutivos.

"No fim do mês de outubro de 2021, estavam registados, nos serviços de emprego do continente e regiões autónomas, 351,667 indivíduos desempregados, número que representa 66,1% de um total de 532.053 pedidos de emprego", lê-se no reporte do IEFP relativo ao mês de outubro. Os pedidos de emprego recuaram 1,2% na variação em cadeia e 5,3% na variação homóloga.

"Para a diminuição do desemprego registado, face ao mês homólogo de 2020, na variação absoluta, contribuíram, com destaque, os grupos dos indivíduos que estão inscritos há menos de um ano (-80.389), os indivíduos que procuram novo emprego (-52.039) e os com idade igual ou superior a 25 anos (-41.967)", acrescenta o mesmo documento.

Na comparação homóloga, constata-se que o desemprego caiu em todas as regiões do país. Mas, na variação em cadeia, observa-se um aumento nas regiões do Algarve (+6,1%) e do Alentejo (+2,4%).

José Varela Rodrigues é jornalista do Dinheiro Vivo

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG