Empréstimos para habitação abrandam pela primeira vez desde outubro de 2020

O montante total de crédito à habitação era de 99,7 mil milhões de euros no final de agosto.

No final de agosto, o montante total de empréstimos para habitação era de 99,7 mil milhões de euros, mais dois milhões do que no final do mês anterior. Indica o Banco de Portugal que esta evolução representa um crescimento homólogo de 4,6%, mas que constitui "a primeira vez desde outubro de 2020 que estes empréstimos registaram um abrandamento".

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG