Carro do Ano 2020 - Conheça os candidatos a Grande SUV do Ano

É uma categoria rarefeita, com apenas dois candidatos, ambos de peso, mas com argumentos radicalmente opostos: BMW X7 M50d Vs. Seat Tarraco 2.0 TDI. A luta é a dois, com armas desiguais à primeira vista, mas que aos olhos do consumidor e do mercado português só pode ter um resultado.

BMW X7 M50d - €145.500

A BMW acompanhou a tendência do mercado - os SUV estão, em definitivo, na moda - e decidiu alargar o portfólio de modelos com o lançamento do X7. Com um comprimento de 5,15 m, uma largura de 2 m e uma altura de 1,85 m, o novo SUV tem uma distância entre eixos de 3,10 metros que garante espaço e conforto para todos os que viajam a bordo, incluindo para os ocupantes dos bancos traseiros. Seria quase como conduzir um pequeno autocarro, não fossem os 400cv diesel desta versão M50d.

No exterior o design é dominado pela grelha frontal de grandes dimensões, um capot enorme, os faróis LED rasgados e uma elevada altura ao solo. No caso da versão a concurso no Essilor Carro do Ano 2020 destaque para as enormes jantes de 22 polegadas (opcionais e que custam €1.268).

Na traseira, o portão tem abertura dupla. Conduzimos a versão com duas poltronas na fila do meio (opcional que custa €560). Todos os passageiros viajam em primeira classe e têm direito a bancos com encosto para os braços, porta-copos e entradas USB. A capacidade da bagageira é de 326 litros. É um dos grandes contras do X7, se viajarmos nesta configuração, com sete assentos, ficamos com menos capacidade de bagageira do que num BMW Série 1.

O ambiente a bordo do X7 é luxuoso e o interior forrado a pele, ar condicionado automático com controlo de 5 zonas (€ 804), teto panorâmico em vidro dividido em três secções e, ainda, o BMW Live Cockpit Professional proposto de série.

No caso do mercado europeu o BMW X7 conta, neste primeiro ano de comercialização, com motores de seis cilindros em linha a gasolina e Diesel. A versão a concurso é a M50d que debita 400 cv e 760 Nm de binário. Destaque para o diferencial eletrónico M Sport e para o pack off-road que oferece quatro modos de condução específicos para fora de estrada. O novo X7 está dotado de uma suspensão a ar, que reduz a altura do chassis por 20 milímetros a partir dos 140 km/h, e que pode variar a altura manualmente de forma a aumentar a distância ao solo em 40 milímetros.

Seat Tarraco 2.0 TDI 150cv Xcellence - €39.316

O Tarraco, desenvolvido nas instalações da Seat em Martorell e produzido em Wolfsburg, vem completar a gama SUV da marca espanhola juntando-se ao Arona e ao Ateca.

A bordo, o espaço interior foi concebido para garantir qualidade e conforto. O Tarraco conta com a mais recente geração do sistema de infotainment da Seat, incluindo o novo sistema de navegação com ecrã de 9,2 polegadas, que melhora a definição e otimiza a utilização e conectividade do condutor e dos passageiros deste SUV. Até ao final do ano de 2019 estava à venda apenas com os níveis de equipamento Style e Xcellence e a possibilidade de escolha pela configuração de cinco ou sete lugares. Tal como o gigante da BMW, viajar com sete passageiros equivale a perder quase todo o espaço para bagagens.

O Tarraco tem 4,735 m de comprimento, 1,839 mm de largura e 1,658 mm de altura. A gama conta, por agora, com dois motores a gasolina e dois diesel. A versão a concurso tem como base o motor 2.0 TDI, com 150cv que pode receber caixa manual ou automática e as duas trações. A versão mais potente (190cv) está disponível apenas com 4Drive e DSG.

Recentemente, a Seat lançou o Tarraco com o motor a gasolina de quatro cilindros e 1.5 litros com uma potência máxima de 150CV combinado com a transmissão automática DSG. A introdução desta versão de tração dianteira será seguida da introdução do nível FR e do lançamento da variante híbrida Plug-in na segunda metade de 2020.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG