BdP. Governador propõe emissão "corona bonds" longo prazo por MEE

Uma opção que merece uma análise mais aprofundada é a possibilidade do Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE), defende Carlos Costa.

O governador do Banco de Portugal está a propor que seja feita emissão de "corona bonds" a longo prazo pelo Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE) para evitar uma segunda crise da dívida soberana, disse Carlos Costa em declarações à agência Reuters. Um complemento ao recém-anunciado Pandemic Emergency Purchase Programme do BCE" com um montante de 750 mil milhões de euros.

"Embora as eurobonds fossem a solução adequada, actualmente não existe um "veículo" disponível para emissão conjunta de dívida" e são precisas "soluções inovadoras", disse Carlos Costa. "A falta de cooperação ou o fracasso na respectiva concretização no ataque à crise pode por em causa o futuro do projecto europeu", alertou o membro do Conselho de Governadores do Banco Central Europeu, num artigo enviado à Reuters.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG