Ataque informático à Impresa combinado no Telegram

Ciberataque contra a dona do Expresso e SIC mandou abaixo sites dos dois órgãos. Especialista da Kaspersky revela que autores do ataque organizam-se na rede social Telegram, mas não está certo que se trate de um ransomware.

O ataque informático que mandou abaixo os sites do semanário Expresso e dos canais SIC e SIC Notícias, do grupo Impresa, foram organizados por um grupo de hackers brasileiros que se autodenominam de Lapsus$. O ciberataque foi combinado na rede social Telegram, de acordo com um especialista da Kaspersky, uma empresa russa especializada em proteção de redes na internet.

"O grupo promove as suas atividades e ações por meio de grupos do Telegram, onde os criminosos partilham grande parte dos dados roubados", afiança Marc Rivero, analista da equipa de análise e investigação global da GReAT da Kaspersky, num comentário enviado esta segunda-feira para a redação. O especialista adianta, ainda, que com com este ataque o grupo Lapsus$ já afetou "cinco vítimas diferentes".

Leia o artigo completo no Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG