Morreu João Macedo, português e líder de um dos maiores projetos agroindustriais angolanos

O empresário português João Macedo, sócio e administrador da Novagrolider, um dos maiores projetos agroindustriais em Angola, morreu esta terça-feira em Lisboa, vítima de um acidente de viação.

DN com Lusa
O empresário João Macedo no II Fórum Agricultura Portugal Angola que se realizou em 2017,© Nuno Pinto Coelho

A informação foi divulgada pelo Conselho Económico e Social, organização criada pelo Presidente angolano, João Lourenço, e que João Macedo integrava.

"Neste momento de dor e luto, a coordenação do Conselho Económico e Social (CES), o coletivo dos seus membros conselheiros e o secretariado executivo, curvam-se perante a memória deste insigne filho da pátria, destacado conselheiro do Conselho Económico e Social, tão grande impulsionador do desenvolvimento agropecuário no nosso país e lutador da classe empresarial angolana", lê-se numa nota.

O CES, no mesmo comunicado, endereça "solidariedade à família enlutada, sentimentos de pesar à esposa e filhos, bem como ao coletivo de angolanos que em vida conviveram e foram inspirados pelo legado do malogrado".

O empresário, impulsionador da produção de banana na província angolana do Bengo, viu novamente reconhecido o seu trabalho à frente da Novagrolider, com a visita do Presidente angolano, no mês passado, à fazenda deste grupo empresarial que produz 75 mil toneladas de banana por ano e emprega 1.100 trabalhadores angolanos, exportando para Portugal, Marrocos e África do Sul.

João Macedo, oriundo de Alcobaça, instalou-se em Angola acompanhado do irmão, José Macedo, tendo criado desde então um grupo que atua sobretudo no setor agrícola possuindo duas unidades de produção, a Fazenda Bumba Longa (Cuanza Sul) e a Fazenda do Caxito (Bengo).

Presidente de Angola lamenta morte de um, "homem de ideias e trabalho"

O Presidente angolano, João Lourenço, lamentou a "partida inesperada" do português João Macedo, administrador da Novagrolider, que morreu na terça-feira em Lisboa vítima de acidente de viação, considerando-o um "homem de ideias e de trabalho".

"Com profundo pesar recebi em Acra [capital do Gana] a trágica notícia do falecimento de João Macedo, distinto membro do Conselho Económico e Social e destacado investidor no ramo da Agropecuária em Angola", escreveu o Chefe de Estado, numa nota enviada à agência Lusa.

Para João Lourenço, os investimentos de João Macedo alinham-se com a estratégia de diversificação económica angolana, definida pelo Executivo.