"Vergonha em Portugal". Como o Caso Marega é visto lá fora

Insultos racistas dirigidos por adeptos do Vitória de Guimarães a Marega e consequente saída de campo por parte do avançado maliano em plano de destaque na imprensa internacional

O episódio de racismo que envolveu o avançado portista Moussa Marega este domingo em Guimarães extravasou fronteiras e tem sido assinalado pela imprensa desportiva internacional.

Em Espanha, a Marca noticia "Vergonha em Portugal: Marega sai do campo por insultos racistas", mostrando um vídeo sobre o desenrolar dos acontecimentos. Numa segunda peça, de rescaldo, o diário desportivo compila frases de representantes do governo e faz uma revista de imprensa pelos jornais portugueses. Também por Madrid, o As dá conta de que "Marega sai do campo devido a insultos racistas e chama 'sem vergonha' ao árbitro". O Mundo Deportivo , da Catalunha, escreve que "Portugal revolta-se para condenar insultos racistas a Marega.

Até mesmo os generalistas El País e El Mundo dão destaque ao sucedido: "Portugal envergonha-se de insultos racistas a Marega" e "Marega, vítima de cânticos racistas, abandona jogo do FC Porto."

Em Inglaterra, a BBC relata que "Jogador do FC Porto abandona jogo devido a insultos racistas", o Telegraph diz que "Marega deixa o relvado depois de sofrer alegados insultos racistas" e o The Guardian escreve que "Marega mostra o dedo do meio aos adeptos do Vitória de Guimarães após aparente insulto racista".

Por França, o L'Equipe adianta que Marega "sacode o futebol português" e é "apoiado pela imprensa portuguesa".

Em Itália, um país cujo futebol vive assolado por diversos casos de racismo, a Gazzetta dello Sport fala em "Escândalo em Portugal". "Muitos insultos racistas, Marega abandona o relvado", escreve o desportivo transalpino. No mesmo país, o Tuttosport diz que "Marega deixa o relvado devido a cânticos racistas: 'uma vergonha'.

Na Alemanha, a Kicker dá conta de que "o avançado do FC Porto, Marega, deixa o campo enraivecido" devido "sons de macacos e cadeiras arremessadas" em Guimarães.

No Brasil o incidente também é assinalado pelo Globoesporte , que mostra os vídeos dos insultos a Marega logo no aquecimento; e pela Folha de São Paulo , que diz que "jogador abandona o campo após ofensas racistas em Portugal".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG