Varandas admite que Estádio José Alvalade se passe a chamar Cristiano Ronaldo

Em declarações ao jornal italiano Tuttosport, o presidente do Sporting admitiu a mudança de nome do estádio e assumiu o "orgulho" de o clube ser conhecido como a equipa que lançou CR7.

Frederico Varandas, presidente do Sporting, admitiu que o Estádio José Alvalade possa vir a mudar de nome, passando a chamar-se Cristiano Ronaldo. A ideia foi transmitida em declarações ao jornal italiano Tuttosport. "Conceder o nome dele ao nosso estádio é uma hipótese que, no momento, não colocamos de lado", assumiu.

O líder leonino diz que é um "orgulho" o Sporting "ser conhecido como a equipa que lançou Cristiano Ronaldo", uma vez que considera a estrela da Juventus "um dos símbolos absolutos da história do clube".

O número 7 da seleção nacional já dá o seu nome ao aeroporto do Funchal e também ao centro de treinos do Nacional da Madeira, clube que representou antes de se mudar para o Sporting em 1997.

Ronaldo foi descoberto pelo olheiro leonino Aurélio Pereira (homenageado no decorrer do Portugal-Luxemburgo desta sexta-feira), precisamente no Nacional, e estreou-se aos 17 anos na equipa principal do Sporting, pela qual fez 31 jogos e marcou cinco golos, tendo sido transferido um ano depois para o Manchester United.

Se os leões avançarem para a mudança do nome do estádio para Cristiano Ronaldo, colocam assim ponto final a uma denominação que começou em 1956, ano em que foi inaugurado o antigo estádio José Alvalade, nome que depois foi transferido para o atual em 2003.

José Alvalade era o nome pelo qual era conhecido José Alfredo Holtreman Roquette, fundador e primeiro sócio do Sporting Clube de Portugal, clube fundado em 1906.

Exclusivos