"Sporting está a ter apoios que não são permitidos a outros", diz o FC Porto

Declarações do administrador financeiro da SAD portista, Fernando Gomes, face à noticiada reestruturação financeira dos leões

O administrador para a área financeira do FC Porto SAD, Fernando Gomes, considerou que o Sporting, perante a reestruturação da sua divida à banca, "está a ter alguns apoios que não são permitidos a outros clubes".

Questionado sobre se a reestruturação poderia ser desleal para os 'rivais' FC Porto e Benfica, Fernando Gomes, que falava durante a apresentação das contas finais do exercício de 2018/19 da SAD portista, no Estádio do Dragão, não se inibiu de responder.

"Não quero estar a falar da situação do Sporting. Espero que o Sporting faça o que for possível para resolver a sua situação. A verdade é que o Sporting está a ter alguns apoios que não são permitidos a outros clubes", disse.

Em causa está a reestruturação financeira realizada pelo clube de Alvalade, divulgada quarta-feira num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), em véspera da assembleia-geral que o Sporting realiza esta quinta-feira..

"A Sporting Clube de Portugal - Futebol SAD vem informar que foram formalizadas as alterações aos contratos de financiamento entre o Grupo Sporting e os bancos Millennium BCP e Novo Banco", revela a nota, que finaliza com os 'leões' a darem conta de que, no âmbito do acordo, "o Grupo Sporting procedeu à regularização de todas as obrigações pecuniárias vencidas, encontrando-se assim em cumprimento perante os bancos".

As declarações de Fernando Gomes foram feitas à margem da apresentação do relatório e contas da SAD do FC Porto, que apresentou um lucro de 9,47 milhões de euros no exercício de 2018/19

.

Exclusivos