Silas pede apoio aos adeptos no jogo com o Rosenborg

Treinador leonino nunca se referiu ao divórcio entre a direção e claques. Mas pediu um estádio cheio para o jogo da Liga Europa, na quinta-feira, contra o Rosenborg.

Jorge Silas, treinador do Sporting, pediu nesta terça-feira aos adeptos para na quinta-feira encherem o Estádio José Alvalade na receção ao Rosenborg, em jogo relativo à Liga Europa. Em declarações à Sporting TV, sem nunca fazer qualquer referência à guerra entre as claques e a direção, o treinador dos leões lançou o apelo ao público.

"É muito importante vencer, até para ficarmos com vantagem sobre o Rosenborg e porque perdemos o primeiro jogo. Por isso, precisamos do apoio dos nossos adeptos, tal como no jogo com o LASK e, se possível, ter o estádio cheio. Não é um jogo decisivo, mas é muito importante", referiu o técnico à televisão do clube.

Silas falou ainda dos progresso que vê na equipa, apesar da recente eliminação do Sporting na Taça de Portugal, diante do Alverca. "Acho que temos vindo a melhorar, há mais controlo com a bola, menos pressa nas decisões iniciais das jogadas, importante para chegar à frente, ter a sensação de ter o jogo controlado. Esta semana serviu para isso. Com os jogadores que temos o ideal é termos o controlo do jogo com bola. É a minha ideia como jogador e treinador. Às vezes olha-se só para o resultado e não se vê tudo aquilo que se criou, se a bola não entrar. Por isso, é importante criar e marcar senão tudo se resume a nada", disse.

O treinador falou ainda do Rosenborg, "uma equipa que não é de ficar na expectativa, que gosta de pressionar e jogar muito direto", e ainda de três jovens jogadores - Pedro Mendes, Matheus Nunes e Rodrigo Fernandes. "Para já, o Rodrigo Fernandes, o Matheus Nunes e o Pedro Mendes vão fazer parte do nosso plantel, o que não impede que numa ou noutra ocasião possam treinar ou jogar nos sub-23 se sentirmos que não vão jogar na equipa principal. São jogadores com qualidade, potencial e, algo que para mim é muito importante, com ambição para representar a equipa principal. Quando tiverem de jogar, jogarão."

Exclusivos