Sérgio Conceição: "Não basta ter contrato, é preciso sentir o clube"

O treinador do FC Porto lançou aviso aos seus jogadores na véspera do dérbi com o Boavista e depois da derrota com o Rangers para a Liga Europa.

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, admitiu este sábado que "as expetativas são as melhores" para o jogo deste domingo com o Boavista, no Estádio do Bessa, a contar para a 11.ª jornada da I Liga, apesar de a equipa vir de uma derrota na Escócia, com o Rangers, para a Liga Europa.

"Vamos à procura da vitória, o resultado é o mais importante. É um dérbi histórico da cidade do Porto, frente a um Boavista que só perdeu a invencibilidade nesta última jornada. Cabe-nos fazer o melhor jogo possível para ganhar os três pontos, que são o mais importante", referiu na conferência de imprensa de antevisão da partida com os axadrezados.

Ainda assim, Sérgio Conceição recusa-se a dar mais protagonismo a este encontro que aos restantes. "Os jogos são todos especiais e competitivos. Lembro-me que no ano passado o jogo foi resolvido nos últimos minutos. Cada jogo tem a sua história e espero que esta seja uma história mais positiva, mais fácil que no ano passado, sendo que, no ano passado, foi sofrido, mas foi uma vitória. Queremos somar uma vitória para perseguir o objetivo mais importante, que é o campeonato", frisou ainda.

Questionado sobre Uribe e o eventual desgaste físico do jogador, Sérgio Conceição aproveitou para deixar uma mensagem. "Não basta ter contrato, é preciso sentir o clube. Já disse uma vez, sobre o Corona, que não teve um jogo inspirado, mas que esteve bem na transpiração. O importante não é olhar individualmente para um jogador, por mais uma assistência ou outro dado estatístico, mas para aquilo que me dão na atitude. Tenho esses princípios, não é só o blá blá blá", disse o treinador, sem especificar para quem se estaria a referir.

Sérgio Conceição confirmou também a recuperação de Marega, após ausência nos últimos quatro jogos: Famalicão, Marítimo, Desportivo das Aves e Rangers. O maliano tem uma pequena limitação num pé, mas, de acordo com o treinador, já pode ir a jogo no dérbi contra o Boavista. De fora ficam Pepe, Romário Baró e Sérgio Oliveira.

"A estratégia teve a ver com a especificidade do jogo. Amanhã, não temos o Pepe, uma baixa importante, como é a do Sérgio Oliveira e a do Romário Baró. Creio que todos os outros, incluindo o Marega, estão disponíveis para o jogo", concluiu.

Exclusivos