Ronaldo marca mas não evita a primeira derrota da Juventus

A Lazio venceu por 3-1 e atrasou a Juve na luta pelo primeiro lugar. CR7 fez o sétimo golo no campeonato, mas não chegou para conquistar pontos em Roma.

A Juventus perdeu este sábado a oportunidade de saltar para a liderança da Série A italiana, depois do empate da véspera concedido pelo Inter Milão frente à AS Roma de Paulo Fonseca.

Isto porque a vecchia signora foi derrotada pela Lazio no Estádio Olímpico de Roma, por 3-1. E o jogo até esteve a favor da campeã italiana quando Cristiano Ronaldo abriu o marcador aos 25 minutos, a passe de Rodrigo Bentancur. O internacional português, que leva sete golos no campeonato, esteve mesmo à beira de bisa pouco depois, após um lance de Paulo Dybala, que culminou com um cabeceamento em voo de CR7 que só não deu golo graças a uma grande defesa de Strakosha.

Em cima do intervalo, na sequência de um canto de Luis Alberto, o brasileiro Luiz Felipe, de cabeça, fez o empate, relançando a partida. O grande problema da Juve foi a expulsão de Cuadrado aos 69 minutos, que permitiu à Lazio chegar ao triunfo com um golo espetacular de Milinkovic-Savic, após mais uma assistência do espanhol Luis Alberto.

A derrota da Juventus até podia ter sido mais pesada não fosse o penálti defendido pelo seu guarda-redes Szczesny, que parou o remate e a recarga de Ciro Immobile, o melhor marcador da Série A com 17 golos.

Nos instantes finais, um contra-ataque laziale permitiu a Felipe Caicedo acabar com as dúvidas no jogo, fazendo o 3-1 com que terminou a partida.

Esta foi a primeira derrota da Juventus na Série A e o segundo jogo consecutivo sem vencer, o que atrasou a equipa na corrida pelo título, embora esteja a apenas dois pontos do líder Inter Milão.

Nos outros jogos do dia, o Nápoles voltou a atrasar-se na luta pelo título ao ceder um empate 1-1 na visita à Udinese, numa partida em que Mário Rui foi titular. Os napolitanos estão em sétimo lugar a 17 pontos do líder.

Quem continua a fazer um bom campeonato é a Atalanta, que arrancou uma vitória por 3-2, nos instantes finais da partida com o Hellas Verona, que contou com Miguel Veloso como titular.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG