Presidente do Aves garante que receção ao Benfica está "quase 100%" certa

Treinador do Benfica, Nelson Veríssimo, também está confiante na realização do encontro da I Liga portuguesa de futebol, na terça-feira, frente ao Desportivo das Aves, apesar da anunciada falta de comparência da SAD dos avenses.

"A situação dos seguros está resolvida e o clube assumiu-a. Há mais duas ou três situações, de montantes mais pequenos, que também estão ultrapassados. Como dizem os treinadores, é jogo a jogo. Com o Benfica quase a 100% que vamos jogar e não falta mais nada. Frente ao Portimonense será outra luta", referiu aos jornalistas António Freitas, presidente do Aves.

Em conferência de imprensa de antevisão da partida da 33.ª jornada, no Seixal, o técnico dos 'encarnados' Nelson Veríssimo admitiu que o grupo tem "acompanhado a situação" do adversário, mas garantiu que, apesar de tudo, tem preparado o encontro "com a máxima seriedade".

"O que percebemos é que tanto os jogadores como os treinadores querem ir a jogo e estamos a contar que haja jogo. Temos a certeza que vamos encontrar dificuldades, apesar desta situação, porque julgamos que os jogadores vão encarar este jogo de uma forma ainda mais especial", analisou.

Nelson Veríssimo admitiu ainda que vê a situação do adversário de terça-feira "com bastante apreensão", até porque, apesar de "nem jogadores, nem treinadores" quererem que acontecesse, acaba por "não ficar uma boa imagem para a nossa Liga nem para o futebol português", mas mostrou-se confiante de que "as coisas vão acabar por se resolver".

Nesse sentido, garantiu que sente a sua equipa "extremamente focada" no encontro frente ao Desportivo das Aves, apesar de este já não ter qualquer implicação na classificação final das 'águias', e rejeitou a ideia de fazer uma revolução no 'onze', quando questionado sobre uma eventual oportunidade para os menos utilizados.

"Digo o mesmo que tenho repetido, que o plantel tem 25 jogadores e todos fazem parte. É natural que jogo após jogo surjam alterações pontuais e a preparação para este jogo não será diferente", sublinhou o técnico.

Certa é a ausência de Taarabt, confirmada por Nelson Veríssimo, apesar de o marroquino estar recuperado de uma lesão no tornozelo direito que o manteve afastado da equipa nos últimos encontros.

O Benfica visita na terça-feira o Desportivo das Aves, em partida da 33.ª jornada da I Liga, agendada para as 21:15 e marcada pela instabilidade vivida pelos nortenhos, que já têm consumado o último lugar e a consequente descida de divisão.

No domingo, fonte da SAD do Desportivo das Aves confirmou à Lusa a anulação da apólice de seguro de acidentes de trabalho, o que compromete a realização do jogo, e cancelou o treino agendado para as 17:30 e a despistagem à covid-19 - que os jogadores acabaram por fazer -, obrigatória nas 48 horas anteriores ao duelo com as 'águias', consoante o protocolo definido para o reinício da I Liga em plena pandemia.

Entretanto, o presidente do clube avense assegurou hoje que a receção ao Benfica, na terça-feira, "está quase a 100%" garantida.

"A SAD vai autorizar que os jogadores treinem hoje, sem criar os entraves de ontem [domingo]. O resto é ultrapassável. Neste momento é fazer o jogo e depois vemos. Hoje a SAD abriu-se e era necessário isso, para que não resolvesse um problema e criasse outro", acrescentou o líder do clube, que controla 10% do futebol profissional avense.

A direção do clube, liderada por António Freitas, cedeu o pavilhão localizado ao lado do estádio para que os jogadores, treinadores e outros funcionários realizassem os testes ao novo coronavírus, sob autorização do departamento clínico, à revelia das pretensões da administração, que despediu os médicos Filipe Puga e André Couto por telefone.

A estrutura do Desportivo das Aves vai comparecer hoje no estádio a partir das 17:15, onde pretende realizar o derradeiro apronto, antes de repetir os exames ao novo coronavírus no pavilhão, num dia em venceu o terceiro mês seguido de salários em atraso, e anulou a conferência de imprensa de antevisão do treinador Nuno Manta Santos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG