Poste impediu 'hat trick' de Cristiano Ronaldo na vitória da Juventus

Juve venceu a Udinese, por 3-1, em jogo da 16.ª jornada da liga italiana, com dois golos do português.

A Juventus regressou este domingo aos bons resultados e às boas exibições, muito por culpa de Cristiano Ronaldo. O português bisou no jogo com a Udinese (3-0) e ajudou a equipa a vencer o jogo da 16.ª jornada do Calcio. Com este resultado, a vecchia signora assume de novo a liderança, embora de forma provisória, com mais um ponto e um jogo que o Inter (joga mais logo frente à Fiorentina).

Ronaldo começou cedo a dar nas vistas e aos nove minutos aproveitou da melhor forma uma bola perdida na área forasteira. Depois Paulo Dybala, que formou um tridente ofensivo com Higuaín e CR7, mostrou mais uma vez que está em grande forma e ainda marcou um golo, mas o lance seria anulado. E já depois de duas ameaças de Gonzalo Higuaín, Crisitiano Ronaldo fez o 2-0 (aos 37 minutos) a passe do avançado argentino. E ainda antes do intervalo Demiral assistiu Bonucci para o 3-0. Mas a equipa só foi descansar depois de Dybala ver a barra da baliza negar-lhe um golaço.

No segundo tempo, a Juve geriu a vantagem e Kévin Lasagna entrou em cena para dar trabalho a Gianluigi Buffon. E Ronaldo esteve perto do hat trick. O remate do português bateu com estrondo no poste. Antes do final do jogo Pussetto ainda assinou o tento de honra da formação de Luca Gotti.

Ronaldo, que soma agora nove golos na liga italiana, conseguiu o primeiro bis pela Juve desde março de 2019, quando fez um hat-trick na segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, frente ao Atlético Madrid (3-0), que ditou a passagem da equipa italiana aos quartos de final da prova. Foi o quarto jogo seguido do português a marcar.

No final do jogo, o português rejeitou destaque individual. "Era importante vencer, podíamos tê-lo feito com mais golos, mas acabou assim. É assim que temos de jogar, com confiança. Não importa o desempenho individual, mas o coletivo", disse CR7 aos microfones da Sky Sports.

Sobre o tridente com Higuaín e Dybala, respondeu: "O importante é continuar assim, a jogar como hoje, treinar e jogar bem. Podemos fazê-lo mesmo contra as equipas mais difíceis."

Milan continua sem vencer

A Atalanta manteve-se em posição europeia, no sexto lugar, apesar de ter perdido, por 2-1, no terreno do Bolonha, que marcou aos 12 minutos, por Palácios, e aos 53' por Poli. Malinovsky apontou aos 60 minutos, o único golo da Atalante, que soma 28 pontos, menos um do que a Roma, de Paulo Fonseca, que ainda este domingo recebe a Spal.

O avançado português Rafael Leão entrou em campo aos 78 minutos, no empate sem golos entre o AC Milan e o Sassuolo.

De manhã, o Verona empatou a três golos na receção ao Torino (3-3), depois de a equipa visitante ter chegado aos 61 minutos a vencer por 3-0.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG