Pelé está deprimido e não consegue andar sozinho, revela o filho

Antiga estrela do futebol brasileiro, hoje com 79 anos, só anda com a ajuda de um andarilho. Filho diz que esta situação deixa o rei do futebol "constrangido" e sem vontade de sair de casa.

Edinho, filho de Pelé, revelou numa entrevista ao site globoesportes.com que o pai está bastante fragilizado e deprimido e que neste momento sente grandes dificuldades em andar. A entrevista completa só irá para o ar na quinta-feira, mas o site lançou já um primeiro excerto.

"Ele está bastante fragilizado em relação à mobilidade. Ele fez o transplante do quadril e não fez uma reabilitação adequada, ideal. Então, ele está com esse problema da mobilidade, que acaba acarretando uma certa depressão. Imagina, ele é o rei, sempre foi uma figura tão imponente, e hoje ele não consegue mais andar direito. Ele fica muito acanhado, muito constrangido com isso. Mas está bem, tirando isso e tirando a natureza da idade", referiu Edinho.

O filho de Pelé revelou ainda que o antigo jogador, atualmente com 79 anos, só consegue mover-se com a ajuda de um andarilho. "Ele não consegue andar normalmente. Só com o andarilho. Até melhorou um pouco em relação a essa época recente em que apareceu de cadeira de rodas, mas ainda tem bastante dificuldade para andar", resumiu, acrescentando que toda esta situação deixa Pelé deprimido: "Ele fica constrangido, não quer sair, estar na rua, fazer praticamente nada que tenha que sair de casa. Está muito acanhado, recluso."

Numa recente entrevista à Gazzetta dello Sport, em finais do ano passado, onde passou em revista a sua carreira e o futebol atual, Pelé tinha falado do seu estado de saúde.

"Graças a Deus, já estou bem melhor. Digo sempre aos meus amigos, aos fãs, que tenho de agradecer muito a Deus, porque eu só tive os problemas de contusão, de fratura, depois de deixar de jogar futebol. Deus só mandou a conta depois que eu parei. Graças a Deus, agora já estou a recuperar, porque tive um problema na coluna, no quadril, no menisco, no tornozelo, mas agora já estou a começar a andar. Mas não dá para jogar ainda", brincou na altura Pelé.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG