No templo de Maradona, Messi apagou-se no empate do Barça

O Barcelona foi a Nápoles empatar 1-1 no primeiro jogo de La Pulga no estádio onde brilhou Maradona. Em Londres, o Bayern ficou com o apuramento quase garantido ao vencer o Chelsea por 3-0.

Nápoles e Barcelona empataram 1-1 esta terça-feira, naquele que era um dos jogos que gerava mais expectativa nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. É que, pela primeira vez, Lionel Messi pisava o palco onde brilhou Diego Armando Maradona. Seria La Pulga capaz de espalhar magia pelo Estádio San Paolo, onde é idolatrado El Pibe, o outro mago argentino? Não foi e esteve até longe disso.

É verdade que o Barcelona dominou a partida, mas na primeira parte acabou por ser surpreendido pela estratégia montada por Gennaro Gattuso, treinador napolitano, que fechou todos os caminhos para a baliza, à procura de aproveitar um erro no contra-ataque. E foi assim que Callejón roubou a bola a Junior Firpo e foi por ali fora até cruzar rasteiro para Diries Mertens fazer um golo fantástico aos 30 minutos.

Messi tocava muitas vezes na bola, é certo, mas quase sempre longe da baliza e nas vezes que se aproximava saiam-lhe sempre ao caminho mais do que um defesa. Maradona tinha dito, antes da partida, que esperava que desta vez o seu compatriota tivesse uma noite má, mas que o seu Nápoles vencesse... teve apenas meio desejo concretizado.

É que, aos 57 minutos, sem intervenção de Messi, um grande passe de Busquets isolou Nélson Semedo, que se limitou a cruzar para Antoine Griezmann fazer o empate. Muito mérito para o defesa português, que fugiu à marcação que nesta noite foi movida pelo seu companheiro de seleção Mário Rui, com quem travou um duelo intenso.

Este resultado deixa a equipa de Quique Sétien - tornou-se no 10.º treinador mais velho de sempre a estrear-se na Champions com 61 anos - em boa posição para garantir o apuramento para os quartos-de-final, pois ao Barcelona basta empatar a zero na segunda mão em Camp Nou para seguir em frente. Ainda assim, os catalães não vão poder contar com Sergio Busquets e Arturo Vidal (foi expulso nos instantes finais), que vão cumprir castigo.

Bayern destroça Chelsea em Londres

Em Londres, após uma primeira parte sem golos, o Bayern Munique acabou por conquistar um importante triunfo no terreno do Chelsea, por 3-0, que deixa os campeões alemães com o apuramento praticamente garantido.

E foi Serge Gnabry a destruir a equipa treinada por Frank Lampard com dois golos em apenas três minutos (51' e 54'), sempre a passe do goleador Robert Lewandowski, que ainda foi a tempo de assinar o ponto aos 76 minutos, ao fazer o 3-0 após uma grande arrancada do canadiano Alphonso Davis.

Esta quarta-feira, realizam-se os últimos jogos da primeira mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, com o Lyon de Anthony Lopes a receber a Juventus de Cristiano Ronaldo, enquanto o Real Madrid terá a visita do Manchester City, de Bernardo Silva e João Cancelo.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG