"Não festejaremos nas rua mas no coração". Farense cancela desfile de subida à I Liga

O Farense decidiu cancelar o desfile de autocarro que estava previsto realizar-se esta quarta-feira pela cidade para festejar a subida do clube algarvio à I Liga de futebol

Em declarações à Lusa, fonte do gabinete de comunicação do Farense adiantou que a decisão foi tomada esta manhã após uma reunião entre o clube, a Câmara de Faro e a PSP, para evitar a concentração de pessoas, numa altura em que se tenta travar a propagação da covid-19.

"Não festejaremos na rua, mas no coração. É preciso entender as contingências da conjuntura atual e respeitar o que acima de tudo diz respeito ao bem comum", lê-se num comunicado publicado nas redes sociais pela sociedade anónima desportiva do emblema de Faro.

O cancelamento do desfile previsto esta quarta-feira segue "as indicações de todas as entidades", salvaguardando "os interesses da saúde pública", lê-se na nota, que acrescenta que em "altura própria" serão analisadas as "possibilidades de, num futuro próximo" poder fazer-se o desfile.

"Querendo muito fazê-lo, porque a festa é dos adeptos, custa-nos, depois de 18 anos, não permitir que isso [desfile] aconteça, mas é por eles, também, que o fazemos", referiu ainda à Lusa a mesma fonte do clube.

Na terça-feira, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) anunciou a promoção dos dois primeiros classificados da II Liga, Nacional e Farense, e a despromoção dos dois últimos, Cova da Piedade e Casa Pia, que terão de ser aprovadas em Assembleia Geral do organismo.

A II Liga foi suspensa por tempo indeterminado em 12 de março, mas foi excluída a sua continuidade por parte do Governo.

O Farense conta 23 participações no principal escalão, entre 1970/71 e 2001/02, voltando ao escalão maior 18 anos depois.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG