Loucura na partida do Flamengo para a final da Libertadores (com vídeos)

O autocarro que conduziu a equipa de Jorge Jesus até ao aeroporto Tom Jobim, antes de embarcar para o Peru, onde no sábado defronta o River Plate. Há registo de feridos após a queda de uma grade que levou à intervenção policial.

Um longo mar rubro-negro invadiu esta quarta-feira as ruas do Rio de Janeiro, onde milhares de adeptos do Flamengo acompanharam o autocarro do clube desde o Ninho do Urubu, o centro de treinos do clube, até ao Aeroporto Tom Jobin também conhecido como Galeão, na Ilha do Governador, na Baía de Guanabara.

As imagens da chegada ao aeroporto são impressionantes e foram divulgadas no Twitter do repórter do Globoesportes, Thiago Lima. A multidão acabou por derrubar uma grade de segurança, causando alguns feridos, tendo a polícia recorrido a gás pimenta para evitar a entrada de adeptos no terminal de cargas do aeroporto, por onde entrou o autocarro do Flamengo.

No entanto, durante todo o trajeto (cerca de 48 quilómetros) a equipa de Jorge Jesus levou um autêntico banho de multidão, que provocou mesmo o atraso no voo que vai levar o Flamengo até Lima, no Peru, onde no sábado vai disputar a final da Taça Libertadores com o River Plate.

A romaria para o aeroporto Tom Jobim foi feita desde bem cedo, tendo os adeptos do Flamengo ocupado a ponte de acesso à Ilha do Governador.

Os jogadores fizeram questão de publicar nas redes sociais várias fotos com momentos. Gabriel Barbosa fala de "energia inacreditável" e agradeceu aos adeptos tão grande apoio.

Já Everton Ribeiro escreveu que estava "sem palavras", enquanto o uruguaio De Arrascaeta sublinhou que isto é "o lindo que o futebol tem".

Exclusivos