João Félix diz ter concretizado "um sonho" ao vencer o 'Golden Boy'

O português foi distinguido pelo jornal italiano Tuttosport como o melhor futebolista de sub-21 a jogar na Europa.

O internacional português João Félix confessou esta segunda-feira ter concretizado "um sonho" ao receber o Golden Boy, prémio promovido pelo jornal italiano Tuttosport e que distingue o melhor futebolista de sub-21 a jogar na Europa.

"Estou muito contente. As pessoas mais próximas de mim sabem o quanto trabalhei para este prémio, que era um sonho, e tenho a felicidade de o ter conseguido", afirmou o avançado do Atlético de Madrid, durante a cerimónia que decorreu na cidade italiana de Turim.

O jogador, de 20 anos, sucedeu ao defesa holandês Mathijs de Ligt, vencedor em 2018 do prémio que é decidido através de uma eleição de jornalistas europeus promovida pelo jornal italiano Tuttosport.

Félix, que no verão trocou o Benfica pelo Atlético de Madrid por 120 milhões de euros, recebeu 332 votos, à frente do inglês Jadon Sancho, do Borussia Dortmund, com 175, e do alemão Kai Havertz, do Bayer Leverkusen, com 75.

"Não ganhei a qualquer um. Tive de dar sempre um pouco mais de mim, porque só assim conseguimos vencer. Não posso deixar de agradecer à minha família, que sempre me apoiou e sabe o que passámos para que eu pudesse estar aqui e celebrar esta conquista", referiu.

De resto, João Félix revelou mesmo que este prémio já tinha sido motivo de conversa com o irmão, Hugo Félix, de 15 anos, que joga na equipa de juvenis do Benfica, clube no qual o internacional luso se destacou na última época.

"Eu e o meu irmão sempre comentámos que este era o primeiro prémio que queríamos conquistar e eu já o conquistei", contou.

"Será seguramente um dos candidatos a vencer a Bola de Ouro", diz Rui Costa

Além do presidente do Atlético de Madrid, Enrique Cerezo, também o administrador da SAD do Benfica Rui Costa esteve presente na cerimónia e revelou as "muitas saudades" que os 'encarnados' sentem do avançado, que, no verão, se transferiu da Luz para Madrid.

"Temos muitas saudades dele em Lisboa. Falar do João é falar com muita nostalgia e saudades, porque esteve no Benfica muitos anos, apesar de só ter estado uns meses na primeira equipa. É um menino maravilhoso. Hoje, venceu o 'Golden Boy', mas, no futuro, será seguramente um dos candidatos a vencer a Bola de Ouro", observou o dirigente benfiquista.

O central brasileiro Felipe e o médio Koke, companheiros de João Félix no Atlético de Madrid, felicitaram o avançado através de vídeos, tal como sucedeu com o treinador do Benfica, Bruno Lage, e Pizzi.

O médio das 'águias' aproveitou mesmo para brincar com o ex-companheiro de equipa: "Este prémio também é um bocadinho meu, porque te ajudei a conseguir isto."

João Félix é o segundo português a vencer o prémio, depois de Renato Sanches, em 2016, ano em que passou do Benfica para o Bayern Munique.

Há duas semanas, Félix foi 28º colocado na corrida à Bola de Ouro, troféu arrecadado pelo argentino Lionel Messi, numa lista em que Cristiano Ronaldo foi terceiro e Bernardo Silva nono.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG