Vieira apela a "onda vermelha" nas "oito finais" que restam

Presidente do Benfica reitera confiança na "reconquista" e elogia trabalho de Bruno Lage à frente da equipa. Jonas foi eleito o futebolista do ano na Gala Cosme Damião

Na noite de entrega dos prémios Cosme Damião, durante a Gala do 115.º aniversário do Benfica - apresentada pela estrela televisiva da SIC Cristina Ferreira, em conjunto com Luís Costa Branco -, Luís Filipe Vieira apelou a "uma onda vermelha de norte a sul" no apoio à equipa de futebol durante "as oito finais" que restam na luta pelo título.

O presidente encarnado fechou o discurso desta quinta-feira, no Campo Pequeno, com elogios às exibições da equipa e ao trabalho efetuado pelo técnico Bruno Lage, que substituiu Rui Vitória em janeiro passado e encetou a recuperação que levou o Benfica à liderança do campeonato - atualmente em igualdade pontual com o FC Porto.

"Nós acreditamos e estamos confiantes. Porque nós vemos a forma como a equipa brilhantemente dirigida pelo Bruno Lage se distingue pela qualidade das exibições e pela entrega que é apanágio do Benfica", referiu Vieira, fazendo questão de deixar um "obrigado a todos os jogadores, ao Bruno e a toda a sua equipa técnica".

Agora, disse, "faltam 8 finais que devemos encarar como humildade, confiança e ambição", apelando então à onda vermelha de apoio nas jornadas que faltam até final da Liga.

De resto, em noite festiva para o Benfica, Luís Filipe Vieira aproveitou para relembrar obra feita, salientando a recente passagem do Estádio da Luz e da BTV, que eram propriedade da SAD, para o património do clube.

Vieira voltou ainda a destacar a aposta na formação como "eixo central da estratégia de gestão desportiva" do Benfica e sublinhou que a aposta será reforçada com a aquisição de novos terrenos para expandir "a Caixa forte do Seixal".

O presidente encarnado manifestou ainda o "orgulho no reforço do desporto feminino" no clube, lembrou o projeto "Benfica Olímpico" e o "ecletismo reforçado" e não esqueceu ainda de endereçar uma palavra de solidariedade para "todo o povo irmão de Moçambique" afetado pela tragédia provocada pelo ciclone na Beira, apelando ao contributo de todos os benfiquistas na campanha de angariação de alimentos lançada pela Fundação Benfica.

Jonas, o futebolista do ano

O avançado brasileiro ganhou o galardão de melhor jogador do ano do Benfica, na Gala Cosme Damião, e emocionou-se no discurso de agradecimento ao lembrar o momento que vivia no Valência, "desacreditado", quando o clube da Luz o contratou há quatro anos. João Félix ganhou o prémio Revelação.

Aqui fica a lista completa dos galardões atribuídos esta quinta-feira:

Revelação
João Félix

Casas do Benfica
Casa do Benfica de Abrantes

Formação
Equipa de juniores de futebol

Projeto do Ano
Futebol feminino

Inovação
Benfica Digital

Parceiro do Ano
Cerveja Sagres

Carreira
Pietra

Atleta de Alta Competição
Fernando Pimenta

Revelação Modalidades
Afonso Jesus (futsal)

Modalidade
Futsal feminino

Mérito e Dedicação
Fernando Martins

Treinador do Ano
João Tralhão

Homenagem
Mário Dias

Futebolista do Ano
Jonas

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".