Valência despede treinador antes do jogo com o Barcelona

Marcelino Garcia Toral deixa o clube após um conflito com Peter Lim, proprietário do clube. Albert Celades é o novo técnico da equipa onde jogam Gonçalo Guedes e Thierry Correia.

O Valência anunciou esta quarta-feira, em comunicado, que decidiu despedir o treinador Marcelino García Toral, que estava à frente da equipa há mais de três anos.

De acordo com a imprensa espanhola, a decisão foi tomada pelo proprietário do clube, Peter Lim, naquele que é o culminar de um processo de desentendimentos quanto à política desportiva do Valência, sendo que o próximo a deixar o clube espanhol deverá ser o diretor-geral Mateu Alemany, que há muito tempo demonstrou publicamente o seu desagrado em relação à política de contratações.

Curiosamente, esta decisão surge a poucos dias de o Valência jogar no Camp Nou com o Barcelona, partida marcada para sábado à noite. Albert Celades, antigo futebolista e ex-selecionador de sub-21, irá suceder a Marcelino García Toral no comando técnico da equipa, devendo já sentar-se no banco na partida com o Barça.

O Valência, onde jogam os portugueses Gonçalo Guedes e Thierry Correia, ocupa neste momento a 13.ª posição da Liga espanhola com quatro pontos em três jornadas, depois de na época passada ter conquistado a Taça do Rei e garantido um lugar na Liga dos Campeões.