Tottenham consolida 3.º lugar com golo no último suspiro

Os Spurs venceram o dérbi londrino com o Fulham por 2-1 no fecho da jornada 23 da Premier League

O Tottenham consolidou este domingo o terceiro lugar da Premier League ao vencer o Fulham, em Londres, por 2-1, graças a um golo no último minuto do tempo extra apontado pelo jovem Harry Winks.

A equipa da casa, treinada por Claudio Ranieri, até começou melhor e colocou-se em vantagem beneficiando de um autogolo do avançado espanhol Fernando Llorente.

Foi já na segunda parte que Dele Ali conseguiu o empate que relançou o Tottenham na procura do triunfo que acabaria por acontecer no último suspiro da partida.

A equipa de Mauricio Pocchettino voltou assim às vitórias no campeonato, depois de na ronda anterior ter perdido em casa com o Manchester United, e aproveitou da melhor forma a derrota do Chelsea frente ao Arsenal para cimentar o terceiro lugar, agora com mais quatro pontos do que os blues.

Já o Fulham mantém-se no penúltimo lugar, com um preocupante atraso de sete pontos em relação à primeira equipa acima da zona de despromoção.

Resultados da 23.ª jornada

Wolverhampton-Leicester, 4-3
Bournemouth-West Ham, 2-0
Liverpool-Crystal Palace, 4-3
Manchester United-Brighton, 2-1
Newcastle-Cardiff, 3-0
Southampton-Everton, 2-1
Watford-Burnley, 0-0
Arsenal-Chelsea, 2-0
Huddersfield-Manchester City, 0-3
Fulham-Tottenham, 1-2

Veja aqui a classificação da Premier League

Ler mais

Exclusivos

Premium

Patrícia Viegas

Espanha e os fantasmas da Guerra Civil

Em 2011, fazendo a cobertura das legislativas que deram ao PP de Mariano Rajoy uma maioria absoluta histórica, notei que quando perguntava a algumas pessoas do PP o que achavam do PSOE, e vice-versa, elas respondiam, referindo-se aos outros, não como socialistas ou populares, não como de esquerda ou de direita, mas como los rojos e los franquistas. E o ressentimento com que o diziam mostrava que havia algo mais em causa do que as questões quentes da atualidade (a crise económica e financeira estava no seu auge e a explosão da bolha imobiliária teve um impacto considerável). Uma questão de gerações mais velhas, com os fantasmas da Guerra Civil espanhola ainda presente, pensei.