Oficial: Eduardo regressa ao Sp. Braga

Bracarenses anunciaram esta segunda-feira que o veterano guarda-redes assinou até 2021, voltando assim ao clube onde concluiu a sua formação

O Sp. Braga anunciou esta segunda-feira o regresso de Eduardo, veterano guarda-redes de 36 anos que assinou contrato válido por duas temporadas.

O guardião internacional português volta assim ao clube onde concluiu a sua formação e pelo qual atuou em 119 jogos, tendo participado na campanha que levou os minhotos ao segundo lugar da I Liga, em 2009-10.

"É difícil prever estas coisas, já sabemos que o futebol é assim. O convite partiu do presidente, com bastante insistência (risos)... Foi o clube onde cresci e me formei como homem e jogador. Um clube que me diz muito, o clube do meu coração. Poder regressar à casa onde cresci e que vi crescer é um sentimento incrível", afirmou, em declarações reproduzidas pelo site do clube.

"Tem sido bom ver o crescimento deste clube, a sustentabilidade e a exigência que tem. Quando cheguei aqui o SC Braga lutava quase pela manutenção e hoje em dia é uma referência na Europa. É um orgulho e um privilégio poder estar cá outra vez", acrescentou, mostrando vontade em trabalhar com o treinador Abel Ferreira: "O Abel tem feito um excelente trabalho. Pelo discurso, forma de estar e aquilo que quer para a equipa, nota-se que é uma pessoa ambiciosa. Isso é mais um aliciante para mim."

Além dos bracarenses, Eduardo representou ainda Beira-Mar, Vitória de Setúbal, Génova, Benfica, Istambul BB, Dínamo Zagreb e Vitesse.

Eduardo: "Quero ganhar coisas"

"O convite partiu do presidente, com bastante insistência... Foi o clube onde cresci e me formei como homem e jogador. Um clube que me diz muito, o clube do meu coração. Poder regressar à casa onde cresci e que vi crescer é um sentimento incrível", referiu Eduardo, ao site do Sp. Braga, recordando: "Consegui aqui um segundo lugar, vencer uma Taça Intertoto, participei em carreiras brilhantes na Europa..."

Agora quer "ganhar coisas" pelo Sp. Braga nos próximos dois anos: "Tudo farei para que isso aconteça."

A evolução do clube deixa-o orgulhoso."Tem sido bom ver o crescimento deste clube, a sustentabilidade e a exigência que tem. Quando cheguei aqui o Sp. Braga lutava quase pela permanência e hoje em dia é uma referência na Europa. É um orgulho e um privilégio poder estar cá outra vez", confessou o campeão da Europa.

Exclusivos