Guiné-Bissau tira apuramento a Moçambique nos instantes finais

Os guineenses garantiram a presença na fase final da Taça de África das Nações com um empate 2-2 frente aos moçambicanos

A Guiné-Bissau garantiu este sábado a presença na fase final da Taça das Nações Africanas (CAN) ao empatar 2-2, em casa, diante de Moçambique, que assim falha o apuramento nos instantes finais.

Foi uma partida emocionante, com um final dramático para a seleção moçambicana orientada por Abel Xavier. Os guineenses começaram bem a partida com um golo de Piqueti logo aos 13 minutos, mas no início da segunda parte Stanley Ratifo devolveu a esperança à seleção de Moçambique que estava obrigada a vencer para garantir o apuramento.

E quando Nelson Divrassone colocou os moçambicanos a vencer aos 89 minutos, rebentou a festa entre os adeptos os Mambas. Só que já no final do tempo extra, aos 90'+4, eis que o avançado Frédéric Mendy, que atua no V. Setúbal, voltou a empatar a partida, retirando assim o sonho da qualificação a Moçambique, que acabou em igualdade pontual com a Namíbia, derrotada na Zâmbia por 4-1, mas que conseguiu a presença na fase final por ter vantagem no confronto direto.

Após a partida, Abel Xavier, selecionador moçambicano, não escondeu a desilusão de ter perdido o apuramento nos instantes finais. "Peço desculpas por termos falhado o objetivo. Obviamente analisarei de uma forma mais profunda, porque foi um golpe muito duro", disse o antigo internacional português.

Ler mais

Exclusivos