Ex-dirigente do Anderlecht detido por suspeita de corrupção

Em causa estão suspeitas de lavagem de dinheiro em transferências de jogadores. Há mais dois detidos, entre eles um empresário de futebolistas.

O antigo diretor-geral do Anderlecht, Herman van Holsbeeck, foi esta quinta-feira detido, no âmbito de uma investigação sobre corrupção e lavagem de dinheiro no futebol conduzida pela polícia de Bruxelas, informou o Ministério Público belga.

A detenção de Van Holsbeeck surge um dia depois das buscas efetuadas em várias localidades da Bélgica, Londres e Mónaco terem levado à detenção de duas pessoas, entre as quais o representante de jogadores Christophe Henrotay, para o qual as autoridades belgas já pediram a extradição do principado.

A investigação, que visava inicialmente a transferência do avançado internacional sérvio Aleksandar Mitrovic do Anderlecht para o Newcastle, da liga inglesa, já tinha estado na origem de buscas realizadas em 24 de abril, nas quais não se registou qualquer detenção.