Equipa francesa na liderança da Regata de Portugal

O velejador Damien Lehl passou para a liderança da competição com um total de 22 pontos após a conclusão do segundo dia da prova.

A equipa francesa liderada pelo velejador Damien Lehl venceu nesta sexta-feira o 2º dia da Regata de Portugal e passou para a liderança com um total de 22 pontos, num dia em que o vento soprou mais fraco, o que levou à realização de apenas quatro regatas. A equipa portuguesa de Jorge Lima desceu para a 4ª posição e a de Hélder Basílio manteve o 5º lugar.

A Regata de Portugal arrancou quinta-feira no Terminal de Cruzeiros de Lisboa com oito equipas em prova, num total de 24 velejadores nacionais e internacionais que estão a competir em modo "Fleet Racing", ou seja, os barcos partem ao mesmo tempo e o que chegar em primeiro lugar fica com um ponto, o segundo com dois e assim sucessivamente. O objetivo final é somar o menor número de pontos possível para subir o máximo na classificação geral.

No 2º dia de prova, Damien Lehl, que lidera a equipa da LusitaniaSeguros, passou para a liderança da competição com um total de 22 pontos. O sueco Nicklas Dackhammar, que veste as cores da Makro, deixou a liderança e passou para o 2º lugar com um total de 25 pontos. Segue-se no pódio a equipa australiana da Gelpeixeliderada pelo sipper Torvar Mirsky com 41 pontos.

No comando da equipa da Rádio Comercial, o português Jorge Lima, velejador olímpico e o único português já qualificado para os Jogos Olímpicos de Toquio 2020, ficou com um total de 44 pontos, descendo para a 4ª posição. Helder Basílio, o outro português em prova e que veste as cores do Diário de Noticias, manteve o 5º lugar com 53 pontos.

As duas equipas holandesas lideradas por Tobias Tanis (TVI) e Odile Van Aanholt (Sapo) ficaram em 6º e 7º lugares, respetivamente. A espanhola Sofia Toro, campeã olímpica em Londres 2012, ficou na última posição com as cores da Nacional.

No 2º día de prova, o vento só começou a soprar com mais força por volta das 19.00 horas, o que levou a que apenas fosse possível realizar quatro regatas até ao pôr do sol. O Terminal de Cruzeiros de Lisboa voltou a encher-se de cor com muita música e animação. Este sábado realiza-se o 3º dia de prova.

Exclusivos