Final alucinante. Atlético de João Félix está na final da Supertaça

Num jogo marcado por um desentendimento entre o português e Messi, e por dois golos anulados ao Barcelona pelo VAR, o Atlético conseguiu a reviravolta nos últimos minutos.

O Atlético Madrid está na final da Supertaça de Espanha, depois de vencer nesta quinta-feira o Barcelona, por 3-2, num jogo com um final alucinante em que os colchoneros conseguiram a reviravolta nos últimos minutos da partida. No próximo domingo, em Jeddah, na Arábia Saudita, a equipa de João Félix vai defrontar na final o Real Madrid.

Na primeira parte, o Barcelona esteve quase sempre por cima e o primeiro tempo terminou com um desentendimento entre jogadores, com destaque para um bate-boca captado pelas câmaras entre João Félix e Lionel Messi. Tudo porque o ex-jogador do Benfica travou Jordi Alba e os jogadores não gostaram

A segunda parte não podia ter iniciado da melhor forma para o Atlético Madrid, que se colocou em vantagem logo no primeiro minuto do segundo tempo e na primeira vez que Koke tocou na bola (o avançado espanhol entrou após o intervalo para o lugar do ex-portista Herrera). O lance começou em João Félix, que num movimento rotativo deixou a bola em Correa, que assistiu Koke para o golo.

A alegria dos colchoneros não durou muito, porque o inevitável Messi empatou a partida aos 51 minutos, num remate de... pé direito, após assistência de Suárez. O argentino voltaria a marcar minutos depois, mas o golo foi anulado pelo VAR porque o argentino controlou a bola com o braço.

Não marcou Messi, marcou Griezmann, aos 62', de cabeça, na recarga a uma defesa de Oblak a um cabeceamento de Suárez. O Barcelona voltou a ter mais um golo anulado, aos 73', por alegado fora de jogo de Vidal no lance em que Piqué colocou com a canela a bola no fundo das redes.

Apesar do domínio do Barcelona, o Atlético conseguiu chegar ao empate, aos 80', na sequência de uma grande penalidade convertida por Moratta, a castigar uma falta do guarda-redes Neto sobre Vitolo. E quase logo a seguir, o jogo ficou marcado por alguma polémica, pois Piqué pareceu ter colocado a mão na bola da área, mas depois de consultar o VAR, o árbitro decidiu não assinalar.

O final alucinante do jogo ficou marcado pelo golo do Atlético, o terceiro, da autoria de Correa, que permitiu aos colchoneros o apuramento para a final de domingo.

Na quarta-feira, o Real Madrid tinha-se apurado para a final ao bater o Valência, por 3-1, com golos de Toni Kroos, de canto direto, Isco e Luca Modric. O golo dos valencianos foi marcado por Parejo, já nos minutos finais.

A Supertaça de Espanha deste ano disputa-se pela primeira vez num novo formato (com quatro equipas) e com palco em Jeddah, na Arábia Saudita.

Veja aqui os golos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG