FIFA vai processar Platini e Blatter

Organismo que rege o futebol mundial quer 1, 8 milhões de euros pagos "indevidamente" de volta.

A FIFA prepara-se para processar o ex-presidente do organismo, Sepp Blatter, e o ex-presidente da UEFA, Michel Platini para reaver os dois milhões de francos suíços (1,8 milhões de euros) pago "indevidamente" pelo sueco ao francês em 2011. O caso levou à suspensão de ambos.

Como o dinheiro não foi reembolsado, apesar de ter sido declarado como "pagamento indevido" durante a investigação pelo comité de ética, o Comité de Governação da FIFA decidiu no último mês avançar para tribunal, segundo infomação do jornal inglês The Guardian.

Blatter e Platini foram banidos do futebol em dezembro de 2015. Ambos recorreram da decisão e viram a punição ser reduzida para seis e quatro anos, respectivamente.

O Comité de Governação da FIFA declarou que, além dos 1, 8 milhões de euros, Platini também não pagou a multa que lhe foi aplicada, no valor de 60 mil francos suíços () e nem os custos legais do processo.

Contactados, Platini e Blatter não comentaram o caso.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG