Federer e o recorde de público na história do ténis

Suíço venceu o alemão Zverev num jogo de exibição no México, parciais de 3-6, 6-4 e 6-2, diante de 42.517 pessoas

Roger Federer continua a escrever o seu nome no livro mundial do ténis. No sábado à noite o tenista de 38 anos venceu Zverev, pelos parciais de 3-6, 6-4 e 6-2, num jogo de exibição no México e bater o recorde de público num jogo de ténis. Na tradicional Praça de Touros, na Cidade do Méxicoo, transformada num court estiveram 42.517 pessoas. O anterior duelo com mais público era um jogo entre a americana Serena Williams e a belga Kim Clijsters, em 2010, em um estádio de futebol em Bruxelas, que teve 35.681 espetadores.

Em 2003, Albert Costa e Alex Corretja jogaram um tie-break perante 49 mil pessoas em Camp Nou, no intervalo de um jogo de futebol do Barcelona.

"Eu não vinha cá há 23 anos e isso foi um erro. Nunca me esquecerei desse dia e nada será suficiente para agradecer a todos vocês. Prometo que vou voltar e que não vai demorar tanto tempo", atirou Federer ao público eufórico com a presença daquela que é considerado por muitos como o melhor tenista de todos os tempos.

Zverev, de apenas 22 anos, e elogiou o rival: "É impossível me comparar com ele. O que ele fez para o ténis é incrível. Vir ao México é sempre especial para mim, mas hoje eu levarei as melhores lembranças, mesmo tendo perdido o jogo."

Federer e Zverev fazem uma série de jogos-exibição na América Latina. O primeiro duelo foi no Chile, na terça, com vitória do suíço. O alemão respondeu no dia seguinte na Argentina e voltou a perder no sábado no México. O jogo de sexta em Bogotá, na Colômbia, foi cancelado por falta de segurança e no domingo, eles terminam o tour em Quito, no Equador.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG