CMVM chumba venda de ações da SAD do Benfica

Regulador do mercado não revela quais os motivos que levaram à suspensão da venda das ações da SAD do clube campeão português de futebol, mas tudo indica que esta suspensão está relacionada com a OPA às ações do clube.

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) chumbou a OPA do Benfica, segundo a TVI. O clube da Luz já foi notificado da decisão e ainda poderá refazer a operação se ultrapassar uma irregularidade detetada pelo regulador da Bolsa. Em causa está o modelo de financiamento da OPA.

"Há diferentes interpretações sobre o método de financiamento da OPA", revelou à agência Lusa fonte oficial do Benfica, avançando que o departamento jurídico dos encarnados tem opinião diferente e os encarnados devem por isso recorrer da decisão.

A CMVM tinha anunciado esta segunda-feira a suspensão da venda das ações da SAD do Benfica, "aguardando a divulgação de informação relevante ao mercado" por parte do clube da I Liga de futebol.

O regulador do mercado não revelou quais os motivos que levaram à suspensão da venda das ações da SAD do clube campeão português de futebol, mas tudo indica que esta suspensão está relacionada com a OPA às ações do clube.

Neste momento decorre um Operação Pública de Aquisição (OPA) do clube sobre 28,06% das ações da SAD, mas que poderá estar em causa.

Na semana passada, o Jornal Económico noticiou que, devido à incerteza causada pela pandemia da Covid-19, o Benfica está a ponderar retirar a OPA.

O comunicado da CMVM:

"O Conselho de Administração da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) deliberou, nos termos do artigo 214º e da alínea b) do n.º 2 do artigo 213º do Código dos Valores Mobiliários a suspensão da negociação das ações da Sport Lisboa e Benfica - Futebol, SAD, aguardando a divulgação de informação relevante ao mercado."

Em novembro de 2019, Luís Filipe Vieira desvendou um pouco o véu sobre a Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre 28,06% das ações da Benfica SAD no mercado. "Não escondi a ninguém que estou cá para defender os interesses do Benfica. Os resultados financeiros, desportivos e patrimoniais falam por si. Querer adquirir cerca de 28 por cento faz parte da estratégia para o Benfica aumentar o capital próprio e devolver cada vez mais o Benfica aos benfiquistas. Há pouca gente que sabe o que o Benfica vale hoje. O Benfica está a fazer o melhor negócio de sempre, porque sei o que vale a SAD. Jogámos recentemente com o Lyon, que vendeu 20 por cento da sua SAD por 100 milhões de euros. O Benfica quer reforçar o controlo da SAD para decidir o que bem entender. Dia 2 de janeiro, quando puder falar, irei explicar tudo aos benfiquistas sobre a operação", esclareceu o presidente benfiquista em declarações à BTV.

Mais recentemente, em fevereiro, o presidente do Benfica voltou a abordar o tema no seu discurso durante a cerimónia de entrega dos galardões de filiação a vários sócios.

"É público que o Benfica fez uma OPA às suas próprias ações. Ultimamente, como devem imaginar, tenho ouvido comentários dos mais parvos que podem existir. Quero dizer-lhes que estou inibido de falar sobre o tema nesta altura, mas falarei quando o puder fazer. Por agora, digo-vos isto: a grande maioria dos benfiquistas escolheu alguém para liderar este clube. Tenho a certeza absoluta de que eu, os meus colegas e os benfiquistas em conjunto fizemos a maior revolução de sempre num clube de futebol na Europa", referiu Vieira.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG