Bruno Costa Carvalho assume ser candidato à presidência do Benfica

O empresário candidata-se pela segunda vez a umas eleições no clube 'encarnado'.

O empresário Bruno Costa Carvalho disse hoje ser candidato à presidência do Benfica, naquela que será a sua segunda ida a umas eleições no clube 'encarnado', ainda sem data marcada. "A única coisa lúcida a fazer é avançar para uma candidatura à presidência do Sport Lisboa e Benfica", informou Bruno Costa Carvalho, depois de enumerar, em mensagem publicada na rede social Facebook, algumas críticas a Luís Filipe Vieira e à sua direção.

O empresário, licenciado em economia, assinala que tem visto uma série de problemas que gostaria que estivessem bem longe do Benfica, apontando o caso da OPA ou o desempenho europeu da equipa de futebol. "Um clube que não percebe que está a ponto de ser relegado, de forma definitiva, para uma segunda divisão europeia, sem qualquer capacidade de reação, parecendo os dirigentes mais interessados em cifrões do que na grandeza desportiva do clube que lideram", criticou.

Bruno Costa Carvalho fala ainda de "um milagre financeiro inexistente" e de uma OPA "sem explicação", lembrando também que já apresentou um "programa de governação para o Benfica e uma proposta de revisão dos estatutos".

Em relação a Rui Gomes da Silva, que já anunciou ser candidato às eleições, Bruno Costa Carvalho aponta que o ex-vice-presidente acompanhou Vieira durante mais de uma década.

"Esteve com o atual presidente durante uma década e é conivente com tudo que se passa", apontou.

No comunicado, Bruno Costa Carvalho lembra que é sócio há 18 anos, e como candidato em 2009, o seu direito a ser candidato a presidente do Benfica é inalienável, até porque, diz, o atual presidente também foi eleito com base em estatutos anteriores.

"Até porque o próprio Presidente também já foi eleito com base em estatutos anteriores e não nos atuais como todos sabemos. A mesma lógica aplica-se a ambos. Espero que isto não seja sequer um tema na campanha", referiu.

Atualmente Luís Filipe Vieira, reeleito em 2016 sem oposição, cumpre um quinto mandato como presidente do Benfica, clube em que chegou à liderança em novembro de 2003.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG