Alemanha sofre maior humilhação da sua história aos pés da Espanha

Os espanhóis venceram os alemães por impensáveis 6-0, a maior goleada sofrida pelos germânicos em jogos oficiais. A equipa de Luis Enrique apurou-se para a fase final da Liga das Nações.

Alemanha sofreu esta terça-feira a maior humilhação da sua história em jogos oficiais, ao ser goleado em Sevilha, no Estádio La Cartuja, pela Espanha por impensáveis 6-0. Este resultado implicou ainda que os espanhóis ultrapassassem os alemães na classificação do grupo 4 e, dessa forma, garantissem o apuramento para a fase final da Liga das Nações, que se realiza em outubro de 2021, onde também já está a França.

Para se ter bem a noção de quão escandaloso e histórico é este resultado, basta dizer que a última vez que a Alemanha sofrera seis golos numa partida oficial tinha sido num jogo do Mundial de 1958, na Suécia, no qual perdeu por 6-3 diante da França.

Se contarmos com os jogos particulares, é preciso recuar a 24 de maio de 1931 para encontrar uma derrota por números semelhantes (6-0), em Berlim, com a Áustria. E só a 13 de março de 1909, no já demolido White House Ground, em Oxford, a Alemanha sofreu pior humilhação quando perdeu por 9-0 com a Inglaterra, mas o futebol ainda estava nos seus primórdios e, por essa altura, estava bem mais desenvolvido em terras de Sua Majestade.

A grande figura da partida foi o jovem avançado Ferrán Torres, que milita no Manchester City, que alcançou um hat trick (33, 55 e 71 minutos), tendo a goleada tido ainda os contributos de Alvaro Morata (17'), Rodri (38') e Mikel Oyarzabal (89').

Refira-se que na seleção alemã, o benfiquista Luca Waldschmidt começou o jogo no banco de suplentes, tendo entrado aos 61 minutos, quando a equipa já perdia por 4-0 o selecionador Joachim Löw tentava o tudo por tudo para inverter o rumo que o jogo estava a tomar.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG