SIGA promove debate global em prol da integridade no desporto

Os temas a abordar passam pela boa governança, a anti-corrupção e a cooperação internacional, a integridade, sustentabilidade e transparência financeira e, entre outros, as apostas desportivas, que vão ter discutidos e explanados nos palcos Mundo, Europa, Ásia, Oceânia e Américas.

A Sport Integrity Global Aliance (SIGA) apresentou a Sport Integrity Week, um evento global em prol da integridade no desporto, que contou com a presença de Emanuel Medeiros e Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais.

A segunda edição do evento digital, que irá decorrer entre os dias 13 e 17 de setembro, vai contar com a participação de cerca de 150 oradores e mais de 100 organizações líderes com ligação ao desporto, numa "iniciativa pioneira, marcante e impactante, que visa atirar uma pedra no charco, provocar e instigar a discussão e o debate", segundo Emanuel Macedo de Medeiros, CEO Global da SIGA.

"Instigar a uma atitude reformista, a um ímpeto de mudança em busca das soluções mais adequadas e urgentes para atacar de frente os desafios que esta indústria do desporto se confronta em pleno século XXI. Trata-se de um evento global dedicado ao debate, à análise, ao confronto, à dialética sobre os problemas, os regulamentos, as causas e as soluções, aos instrumentos e ao modo como podemos transformar essas adversidades em oportunidades de sucesso", explicou o diretor da SIGA.

Os temas a abordar passam pela boa governança, a anti-corrupção e a cooperação internacional, a integridade, sustentabilidade e transparência financeira e, entre outros, as apostas desportivas, que vão ter discutidos e explanados nos palcos Mundo, Europa, Ásia, Oceânia e Américas.

"Vamos discutir a interação entre a chamada 'global business', a economia, os media, a tecnologia, a inovação e o papel que vão desempenhar na promoção e integridade no desporto, na defesa e salvaguarda dos valores que fazem do desporto aquilo que é, uma escola de valores. Vamos também apontar ao futuro, salvaguardando os interesses ligados à formação, à proteção dos menores e às reformas que neste domínio também se fazem sentir", acrescentou Emanuel Macedo de Medeiros.

Já Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais, um dos parceiros da iniciativa, enalteceu a realização de um evento que aborda a integridade, "um tema cada vez mais atual", frisa.

"Sabemos que, por vezes, à volta do desporto, que deve ser são, existem muitos fenómenos que não são tão saudáveis quanto isso, há grandes interesses. Por isso, torna-se cada vez mais necessário termos regras muito firmes e os princípios serem sólidos e praticados", disse.

O edil destacou ainda a importância e a urgência de se "recuperar os princípios do desporto, esperando que não seja uma utopia o cavalheirismo, a cortesia, espírito de equipa e trabalho, que são fundamentais para termos uma sociedade mais justa."

"Sei que os clubes precisam de melhorar os seus mecanismos de governação e transparência. Sei que precisamos de parceiros mais credíveis à volta do desporto, de uma linguagem mais positiva e precisamos que as nossas crianças e jovens cresçam sem a pressão, dos próprios pais e dos clubes, de todos termos de ser iguais aos Cristiano Ronaldo, que é o melhor do mundo", afirmou, defendendo ser necessário "uma revolução na simplicidade e o regresso aos pilares que nos amarram à prática desportiva, desde tempos imemoriais".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG