Romain Grosjean volta às pistas no carro de Lewis Hamilton... por uma vez

Piloto, que escapou ileso de um incêndio com o seu monolugar na última temporada, vai pilotar um Mercedes de teste no Grande Prémio de França.

Romain Grosjean vai voltar a sentar-se ao volante de um carro de Fórmula 1 depois de em novembro ter sofrido um acidente que o levou a abandonar o desporto. Será um teste da Mercedes no funal de junho, em França, divulgou a equipa esta quarta-feira.

"Estou tão entusiasmado por poder voltar a saltar para dentro de um carro de F1! Será uma oportunidade especial para mim e poder conduzir um Mercedes campeão do mundo vai ser uma experiência única", disse o piloto francês, de 35 anos, citada pelo site da Mercedes.

O Haas de Romain Grosjean teve um acidente durante o Grande Prémio do Bahrain. Chocou contra uma barreira, partiu-se em dois, a 220 km/h. Após dois longos minutos de espera, o francês surgiu das chamas com queimaduras nas mãos, no tornozelo e alguns ferimentos.

Quando Romain anunciou a carreira na F1 terminava, o diretor da equipa da Mercedes, Toto Wolff, disse que não queriam que aquele fosse o seu último momento no desporto.

."Estou muito grato à Mercedes F1 e ao Toto pela oportunidade", disse Grosjean. Foi ainda na cama do hospital, no Bahrain, que Romain Grosjean ouviu falar da possibilidade de conduzir um Mercedes. Isso animou-me!"

O carro que vai conduzir é o mesmo em que Lewis Hamilton ganhou o campeonato do mundo. "Uma última volta com o meu público num carro de F1. O que pode ser melhor", disse o piloto.

Grosjean vai mudar-se para a Indycar, nos EUA.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG