Polícia Marítima resgata atleta inanimado da prova 'ironman' em Cascais

Atleta recuperou a consciência após "algumas manobras de reanimação"

A Polícia Marítima resgatou, no fim de semana, um atleta da prova desportiva 'ironman' que ficou inanimado após sentir-se mal durante a modalidade de natação que se realizou no concelho de Cascais, em Lisboa, foi revelado esta segunda-feira.

"Durante a prova de natação, um dos elementos da Polícia Marítima que se encontrava a garantir a segurança do evento na água, apercebeu-se que um dos participantes estava dificuldades na água, acabando por perder a consciência, tendo o agente procedido de imediato ao resgate do participante, com recurso à sua mota de água, prestando-lhe os primeiros socorros", lê-se num comunicado divulgado esta segunda-feira pela Autoridade Marítima Nacional (AMN).

De acordo com a AMN, o atleta recuperou a consciência, após "algumas manobras de reanimação", tendo sido encaminhado para a zona de apoio médico da prova, onde recebeu assistência médica diferenciada.

A AMN lembra que garantiu apoio na segurança e salvamento das provas do 'ironman', que decorreram em Cascais, Sintra e Oeiras, com sete elementos do Comando-local da Polícia Marítima de Cascais e três elementos da Estação Salva-vidas de Cascais, apoiados por uma viatura, uma mota de água e duas embarcações.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG